Os cansados não ouvem jazz

30/09/2011


Do Blog Óleo do Diabo por Miguel do Rosário

Tem um filme simpático do Otto Preminger, de 1962, intitulado Tempestade no Deserto, que aborda o tema da chantagem na alta política americana, e que eu assisti pela primeira vez há poucos dias. A história se passa inteiramente no Congresso e os personagens são todos senadores, além do presidente. Como usualmente acontece nas histórias holliwoodianas, apontam-se os podres do sistema, mas essas zonas escuras servem apenas para os roteiristas exibirem, orgulhosamente, o amor que votam aos ideais democráticos e à liberdade. Se esses ideais não passavam de palavras vazias, e eram defendidos (como hoje) ao mesmo tempo em que se massacravam os mesmos valores nos países em desenvolvimento, isso é outra história. Nem acho que é para tanto.

Eles – os americanos – acreditam, nos ideais, mas ainda não entenderam que um princípio democrático nunca será moderno e nunca será de fato autêntico e coerente consigo mesmo enquanto não açambarcar a humanidade inteira. E isso já não é uma utopia ingênua. A instabilidade econômica global, as ameaças virais que pairam, sinistras, sobre a raça humana, os desequilíbrios ecológicos, só encontrarão respostas quando surgir um comando político centralizado no mundo. Moeda única, regras únicas, uma educação que tenha ao menos algumas plataformas unificadas. Eleição de uma língua franca (possivelmente o inglês), que deveria ser ensinada como segundo idioma a todos os homens, através de cursos públicos patrocinados pela própria ONU nos países mais pobres.

Mas é melhor parar com esse papo senão daqui a pouco estou votando em Marina Silva, e eu não gostaria de cometer um desatino assim.

Continue lendo »


A morbidez terrível da mídia

30/09/2011


Do Blog Tijolaço por Fernando Brito


Reproduzo o video da entrevista do presidente venezuelano Hugo Chávez. Lamento ter de transmiti-lo, porque é mórbido que um homem tenha de vir desmentir em público que esteja agonizando. Na virada desta madrugada li essa matéria sobre a internação em “emergência” de Chávez. Pesquisei e encontrei reproduzida em centenas de jornais do  mundo.

Não comentei nem publiquei, porque depois de 34 anos de convívio com a imprensa – o que não é o mesmo que o jornalismo – já aprendi um pouco sobre do que ela é capaz.

A fala de Chávez, muito mais que engraçada, é um momento dramático para a imprensa mundial, que reproduz uma informação anônimoa, de um jornal de ultra-direita – “El Nuevo Herald” , de Miami – sem nenhum tipo de confirmação.

Coisa que nem um blog como este, com a informalidade que a falta de meios lhe obriga,  faz.

Como profissional de imprensa, cada frase, mesmo dita em tom bem humoradopelo presidente Chávez, soa como uma bofetada em minha profissão.


A CBN e o coronelismo eletrônico

30/09/2011

Do Blog do Nassif por Luis Nassif

Não se discute o alto nível do radio-jornalismo da CBN. Critica-se sua parcialidade. Mais que isso, os paradoxos entre seu discurso político e sua prática de alianças.

No discurso, seus analistas ignoram completamente as limitações do federalismo brasileiro, a política de alianças – que garante a governabilidade -, a necessidade de pragmatismo político. Dividem o Brasil entre o supostamente país moderno (dos quais ELES são porta-vozes) e o Brasil anacrônico, dos Sarneys e companhia. Aliás, é um contraponto salutar, para reduzir o poder de influência dos coronéis.

Mas hoje em dia a principal fonte de poder dos coronéis regionais é a rede Globo e a rede CBN de rádio.

De onde emana o poder político dos coronéis regionais? Em grande parte, do controle da mídia local. E esse poder deriva fundamentalmente da política de alianças com as redes nacionais de rádio e TV. Especialmente das Organizações Globo e da rede CBN.

Continue lendo »


Dr. Peluso, o que é isso? Ricardo Teixeira banca torneio para Juízes Federais

30/09/2011

Do Blog Os Amigos Do Presidente Lula

O juiz da 2ª Vara de Execuções Fiscais de São João de Meriti (Baixada Fluminense), Wilson Witzel, diretor de esportes da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), fez a convocação para o encontro previsto para os dias 11, 12 e 13 de novembro. Será na Granja Comary, em Teresópolis, onde fica o centro de treinamento da Seleção Brasileira: “a hospedagem e o material esportivo para os jogadores será por conta da CBF”.

Enquanto isso, o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro vai investigar Ricardo Teixeira (presidente da CBF) por lavagem de dinheiro.

Era só o que faltava: a confraternização entre cartolas acusados de corrupção e juízes de toga que poderá julgá-los.

Será que o Dr. Peluso, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), tem certeza de que as declaraçãoes da corregedora, Eliana Calmon, foram exageradas, quando disse:
“…a magistratura.. está com gravíssimos problemas de infiltração de bandidos que estão escondidos atrás da toga…” (a notícia vem do Lancepress).


Dilma está satisfeita com o Brasil de Dilma

29/09/2011

Do Balaio do Kotscho

frame 1 Dilma está satisfeita com o Brasil de Dilma

Serena e firme, muito à vontade e cheia de boas notícias, a presidente Dilma Rousseff parecia satisfeita ao fazer um balanço dos seus primeiros nove meses de governo na manhã desta quinta-feira.

Em entrevista aos apresentadores Celso Zucatelli e Chris Flores, do programa Hoje em Dia, durante café da manhã no Palácio da Alvorada, transmitida ao vivo pela TV Record, Dilma mostrou-se confiante nas condições que o país reúne hoje para enfrentar a crise econômica mundial, anunciou um aumento de 14% no salário mínimo em 2012 e prometeu melhorar a gestão da saúde pública antes de se discutir um novo imposto.

“É mais do que bom”, respondeu na lata, no começo da descontraída conversa de uma hora com os dois jornalistas, quando Zucatelli lhe perguntou se é bom governar o Brasil. “É uma honra e um orgulho governar o Brasil neste bom momento que o país vive, crescendo e distribuindo renda”.

Continue lendo »


CartaCapital quer saber: Por que só a Veja, Época e IstoÉ?

29/09/2011

Do Blog NaMariaNews

No dia 13 de setembro passado, o NaMariaNews publicou em primeira mão o texto Alckmin: 9 milhões pela fidelidade da ‘Proba Imprensa Gloriosa’ sobre as novas compras de revistas (Veja, Isto É, Época) e jornais (Folha de SP, Estado de SP) pela Secretaria de Estado da Educação, precisamente através da Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE. Os contratos assinados pelo atual presidente da FDE, o Sr. José Bernardo Ortiz Monteiro, chegam ao total de R$9.074.936,00.No mesmo texto foi salientado que, como de costume, não foram assinados contratos com a revista CartaCapital. Embutido nisso a pergunta fatal: e por que não?

No dia 16 de setembro, Mino Carta publicou on-line seu editorial “A mão que lava a outra” (versão impressa: n. 664, 21/setembro, pág. 21) e muito nos enobreceu com o seguinte parágrafo:

“Neste exato instante, recebemos a informação de que, na esteira do ex-governador José Serra e do seu ex-secretário da Educação Paulo Renato, o atual presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), José Bernardo Ortiz Monteiro, acaba de renovar contratos para o fornecimento de assinaturas com as revistas Época, IstoÉ e Veja, e os jornais Folha de S.Paulo e O Estado de S. Paulo pelo valor total de 9 milhões de reais e alguns quebrados. Não houve licitação, está claro, assim como está que CartaCapital foi excluída mais uma vez.”

Continue lendo »


Na Polônia, Lula recebe prêmio Lech Walesa

29/09/2011

Do Blog Os Amigos Do Presidente Lula

O ex-presidente Lula recebeu nesta quinta-feira o prêmio Lech Walesa, criado em 2008 pelo ativista e prêmio Nobel da Paz para reconhecer as personalidades que se destacaram por seu compromisso com a liberdade, a democracia e a cooperação internacional. Lula recebeu o prêmio em uma cerimônia na cidade de Gdansk (norte da Polônia), e foi chamado de um “homem extraordinário” pelo primeiro-ministro polonês, Donald Tusk.

“É um símbolo de que as coisas impossíveis podem se fazer possíveis, Lula foi o líder que encarnou as esperanças de uma melhora radical no destino de milhões de pessoas”, disse o chefe do governo polonês, para quem o Lula  aplicou uma política capaz de transformar o Brasil em um dos países com maior índice de crescimento do mundo. Lula expressou seu agradecimento ao prêmio e afirmou que Lech Walesa é um autêntico herói por ter liderado os trabalhadores poloneses em sua luta pela democracia.

 

Em seu discurso,Lula criticou o estado atual da economia mundial, que segundo sua opinião se transformou em “um gigantesco cassino”, onde o mercado não é capaz de oferecer soluções boas e sensatas. O ex-presidente polonês Walesa reconheceu que o capitalismo não satisfez todas as expectativas, e se mostrou propício a moderar certos aspectos deste sistema.

O prêmio Nobel da Paz afirmou que apesar das raízes ideológicas diferentes, compartilha com Lula a origem sindical e o fato de terem realizado mudanças em suas nações. De acordo com Lula, os dois queriam mudar seus respectivos países, e os dois acreditam no valor da democracia, sabedoria humana e diálogo.

Lech Walesa fundou seu prêmio em 2008, 25 anos após ter sido agraciado com o Nobel da Paz por sua luta contra o comunismo e pelo advento da democracia na Polônia. O prêmio tem um valor de US$ 100 mil. Em 1990, após liderar numerosos protestos contra o regime comunista polonês, Walesa se tornou o primeiro presidente eleito democraticamente em seu país após a Segunda Guerra Mundial.Agência EFE –