O mau cheiro do petróleo

29/11/2011

Conversa Afiada

por Mauro Santayana

O petróleo foi o mais importante parteiro da alucinada civilização contemporânea. A causa objetiva da Primeira Guerra Mundial já estava no controle das fontes mundiais de matérias primas – como o petróleo – indispensáveis na corrida pela prosperidade e poder das nações.

Há maldições de que não podemos escapar: uma delas é a necessidade da corrida armamentista, a fim de garantir a incolumidade das nações. Essa competição alucinada depende de uma complexidade de operações econômicas e industriais interdependentes, e acima de tudo, do acelerado desenvolvimento tecnológico. É preciso ter em conta que, para impedir o terrorismo bélico das nações mais poderosas de hoje, teremos que encontrar caminhos novos, que as contenham. Seus investimentos na indústria da guerra vão do aprimoramento de pistolas de combate à exploração do solo de Marte, sem falar nas atividades diplomáticas e atos criminosos clandestinos.

Sem o petróleo, é fácil deduzir, não haveria bombas nucleares. Sem o petróleo, dirão outros, não haveria tampouco o desenvolvimento da medicina, e o notável aumento da expectativa de vida dos homens dos paises desenvolvidos. Nem o crescimento da produção agrícola no mundo inteiro. Em suma, sem o óleo, fonte de numerosos derivados, também a química se arrastaria lentamente, e não com a extraordinária velocidade em que ela produz centenas de novas substâncias quase todos os dias.

Continue lendo »


Serra, você precisa se controlar…

29/11/2011
– 
Do Blog Tijolaço

O senhor José Serra deve estar com a cabeça meio atrapalhada pela prisão de seu amigo e ex-subchefe da Casa Civil no Governo de São Paulo, o ex-senador João Faustino (RN), e anda dizendo coisas que depõem contra o seu ex-chefe (e ex-chefe de Faustino) Fernando Henrique Cardoso.

É que ele deve ter lido a nota do Estadão, hoje, dizendo que “a engenharia do esquema de fraude na inspeção veicular em São Paulo denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) serviu de modelo para o edital e a licitação no Rio Grande do Norte, alvo da Operação Sinal Fechado, que levou para a cadeia 14 pessoas na quinta-feira. A acusação é da Promotoria potiguar, com base em interceptações telefônicas e de e-mails trocados pelo lobista paulista Alcides Fernandes Barbosa.” com o presidente da Controlar, Harald Peter Zwetkoff, caso que está complicando a vida de seu amigo Gilberto Kassab.

Continue lendo »


A Galega que comanda a casa e a vida de Lula

29/11/2011
 
Desde que o ex-presidente ficou doente, Marisa não sai do lado dele
Lula e a mulher em vídeo de agradecimento por todo apoio Instituto Lula / Reprodução / Ricardo Stuckert

SÃO PAULO — Quando aparecer uma viúva loira, me chamem.

Luiz Inácio Lula da Silva deu o recado, em tom de brincadeira, aos companheiros do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. Depois de três anos amargando a morte da mulher, Lourdes, e de seu filho recém-nascido, Lula não queria mais ficar sozinho. Numa tarde de 1973, a loira apareceu.

Marisa Letícia Rocco Casa ia ao sindicato, a cada três meses, carimbar documentos para receber a pensão do marido, morto em um assalto. Quando descobriu a viúva, Lula correu para atendê-la. Deixou cair um documento de identidade que mostrava que também era viúvo e começou a conversa. Tanto fez que se casou com ela sete meses depois, em maio de 74.

“Ela manda, e ele obedece”

Nascia assim a Galega, como Lula vem chamando a mulher há mais de 30 anos. Era para a Galega que Lula entregava, diligentemente, todo o salário que recebia como metalúrgico. Foi a Galega que permitiu aos sindicalistas do ABC transformarem sua casa em ponto de reunião contra a ditadura. Foi a Galega que acordou, no meio da noite, com a polícia arrastando seu marido para lugar incerto. E é ainda a Galega, hoje com 61 anos, quem comanda a casa e a vida do ex-presidente da República depois de dois mandatos.

— Não teria pessoa melhor para fazer a barba e raspar a cabeça de Lula. Raspar a cabeça em um caso de câncer não é como no vestibular: é um momento muito difícil — diz o cabeleireiro Wanderley Nunes, amigo da família, que chegou a se oferecer para ajudar Lula na tarefa de se antecipar aos efeitos do tratamento de quimioterapia contra o câncer na laringe.

Marisa é querida e temida pelos “companheiros e companheiras” do PT e do Sindicato dos Metalúrgicos. Desde que Lula ficou doente, ela decide quem visita ou não o marido, para evitar excessos. Não sai do lado dele um minuto, no hospital ou em casa. O ex-ministro Paulo Vanucchi, amigo da família, chegou a dizer que ela tem sido “a boa samaritana”, cuidando, ao mesmo tempo, de Lula e do filho mais velho, Marcos, que fez uma cirurgia na bacia e está em casa, em recuperação.

— É ela quem manda. E ele obedece. Dona Marisa se dedica a Lula e à família inteira. É o alicerce de Lula — diz o cardiologista Roberto Kalil, médico de Lula há 20 anos.


PF ouvirá blogueiro sobre fraude em pesquisas eleitorais em 2010

29/11/2011

Blog da Cidadania de Eduardo Guimarães

Este post traz uma boa e uma má notícia sobre o seu país, leitor. A boa é a de que o Brasil pode estar deixando de ser a zona que sempre foi; a má é a de que ainda falta muito para que isso aconteça.

Explico: na última sexta-feira, recebi, em casa, intimação da Polícia Federal (vide imagem acima) para comparecer à sua sede em São Paulo, na Lapa de Baixo, para depor sobre uma das duas denúncias que o Movimento dos Sem Mídia fez à Procuradoria Geral Eleitoral no ano passado – e que este vosso servo assinou.

Serei ouvido sobre a primeira denúncia, que foi sobre fraudes em pesquisas eleitorais que a imprensa denunciou no primeiro semestre de 2010 e que me fez acionar a ONG que presido de forma a representar contra os institutos Datafolha, Ibope, Sensus e Vox Populi.

Para refrescar as memórias de alguns e informar a outros, reproduzo, abaixo, matéria do Portal IG publicada em 12 de maio de 2010:

Continue lendo »


Após insinuação sobre Dilma, PT pedirá a cassação de Bolsonaro

27/11/2011

Do Correio do Brasil

Por Redação, com Vermelho.org.br

Bolsonaro

O Deputado Jair Bolsonaro (foto) diz que não teme o pedido de cassação do PT em relação às ofensas que o deputado fez a presidenta Dilma Rousseff

O PT anunciou que pedirá a cassação do mandato do deputado federal Jair Bolsonaro(PP-RJ) na próxima terça-feira. Em mais uma declaração homofóbica, o parlamentar faz insinuações sobre a opção sexual da presidente Dilma Rousseff. Nesta quinta-feira o deputado usou a tribuna da Câmara Federal como palanque para sua campanha preconceituosa.

Ao comentar a intenção do Ministério da Educação (MEC) em incluir o combate à homofobia nos currículos escolares, ele disparou contra Dilma. “Se gosta de homossexual, assume. Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma”.

– Eu acho que ele feriu o decoro parlamentar. Ele incita ódio aos homossexuais e não segue os ritos do Parlamento. Portanto, nós vamos representá-lo no Conselho de Ética e vamos pedir a cassação dele na próxima terça-feira, informou o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), líder do PT na Câmara.

Continue lendo »


Negromonte e Kassab, crias do malufismo

26/11/2011

Do Balaio do Kotscho

montagem  Negromonte e Kassab, crias do malufismo

Foram tantos os casos de corrupção e irregularidades na aplicação de recursos públicos denunciados esta semana que a gente nem sabe por onde começar.

Basta ficar um dia sem escrever que o entulho se acumula nas manchetes dos jornais. Qual caso é mais grave?

O do ministro das Cidades, Mário Negromonte, que autorizou, com adulteração de documentos, um “aditivo” de R$ 700 milhões numa obra viária para a Copa do Mundo em Cuiabá?

Ou o do prefeito de são Paulo, Gilberto Kassab, que teve seus bens bloqueados pela Justiça para garantir o ressarcimento de R$ 1 bilhão aos donos de carros e aos cofres públicos no processo sobre irregularidades cometidas para repassar a uma empresa privada (a Controlar, que financiou sua campanha eleitoral em 2008) o serviço de inspeção veicular na cidade.

Não se trata de um critério só de valores envolvidos, alguns milhões a mais ou a menos transferidos dos cofres públicos para bolsos privados. Mais do que as cifras, impressiona o “modus-operandi” e a desfaçatez dos denunciados por estas novas maracutaias.

Continue lendo »


Mídia convenceu Dilma a aceitar a lei da mídia

26/11/2011

Do Blog da Cidadania por Eduardo Guimarães 

Na última sexta-feira, em São Paulo, o Partido dos Trabalhadores promoveu um “Seminário Nacional por um Novo Marco Regulatório para as Comunicações”, evento que teve como objetivo discutir a adoção pelo país de um arcabouço legal – um conjunto de regras mínimas – ao menos para a comunicação eletrônica, o que há poucos meses parecia impensável que fosse sequer discutido, mas que, agora, vai se mostrando viável discutir e até propor ao Congresso.

No alvorecer de 2011, porém, a presidente Dilma Rousseff assumiu o cargo visivelmente determinada a distender o acirrado clima político que pouco antes produzira uma das campanhas eleitorais mais sujas da história, na qual a própria presidente, então candidata, fora alvo de ataques que, entre outras táticas criminosas, chegaram até a difundir invenções sobre sua sexualidade, além de tal campanha ter levado a Folha de São Paulo, aliada de primeira hora do então candidato José Serra, a publicar em sua primeira página ficha policial falsa da principal adversária dele.

Continue lendo »