A esculhambação das aposentadorias

23/01/2011

Balaio do Kotscho

A cada dia somos surpreendidos por novas revelações sobre esta esculhambação geral em que se transformou a aposentadoria vitalícia dos governadores, embora a Constituição de 1988 tenha eliminado as pensões para ex-presidentes da República.

A lei? Ora a lei… Pelo que estamos sendo informados, cada Estado fez a sua própria lei e teve gente que criou uma em benefício próprio, como o ex-deputado estadual Humberto Bosaipo (DEM), que governou o Mato Grosso por apenas dez dias e recebe R$ 15 mil de aposentadoria por mês.

Os casos se multiplicam pelo país: segundo levantamento da Folha, já são 135 beneficiados entre ex-governadores e viúvas, em 18 Estados, o que representa um gasto anual de mais de 31 milhões de reais e permitiria incluir mais 38 mil famílias no Bolsa Família.

Leia o resto deste post »


Alvaro Dias diz que pedido de R$ 1,6 milhão em aposentadoria era para caridade

22/01/2011

Folha.com

ANNA VIRGINIA BALLOUSSIER
DE SÃO PAULO

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) afirmou nesta sexta-feira (21) que, ao solicitar R$ 1,6 milhão em aposentadoria retroativa para ex-governadores, tinha planos de doar o dinheiro a instituições de caridade.

Ontem, veio à tona o pedido de Dias, que governou o Paraná entre 1986 e 1991, para receber cinco anos da pensão vitalícia. São 65 pagamentos de R$ 24,8 mil (13º salário incluso), cuja aprovação ainda depende da Procuradoria do Estado.

 

Marcelo Camargo/Folhapress

A ideia de destinar a quantia à filantropia, segundo Dias, vem sido amadurecida desde 2007 e só não vingou antes porque ele preferiu esperar a maré eleitoral sossegar.

Leia o resto deste post »


Pobreza extrema ocupa o quintal da presidente Dilma Rousseff

10/01/2011

Correio Braziliense

Um público ansioso pelo cumprimento da principal meta de campanha da presidente, a erradicação da miséria, habita regiões encostadas aos principais centros de poder da capital. São centenas de pessoas que vivem de sobras e em condições subumanas 

 (Fotos: Daniel Ferreira/CB/D.A Press)

Em áreas nobres de Brasília, uma legião de famílias lembra à presidente, Dilma Rousseff, a necessidade do cumprimento do mote de seu governo: a erradicação da miséria em quatro anos. Em condições pouco humanas, num exercício contínuo de sobrevivência, centenas de pessoas se instalaram a poucos metros dos espaços de poder por onde circula a presidente. Seja na Granja do Torto, no Palácio da Alvorada, no Palácio do Jaburu ou no Congresso, Dilma e o vice, Michel Temer, são vizinhos da pobreza extrema. Bastam alguns passos e disposição política para constatar como vivem — e como isso pode ser mudado — adultos e crianças com menos de R$ 130 por mês.

As residências oficiais da Presidência são entrecortadas por acampamentos de famílias carentes ou por invasões consolidadas há décadas — tão antigas quanto a própria residência oficial. Os fundos do Congresso são habitados por famílias que vivem de sobras. O mato alto das asas do Plano Piloto é salpicado por barracas de lona, onde vive quem (quase) esqueceu as origens. Brasília atrai a miséria. E não sabe o que fazer com ela.

Leia o resto deste post »


Vinte e três famílias

25/12/2010

Blog da Cidadania – Eduardo Guimarães

Ele ainda se encontrava naquela zona cinzenta entre o sono e o despertar quando percebeu que a mulher não estava mais na cama. A visão ia se acostumando às lâminas de luz do dia que cortavam o quarto através das frestas da persiana . O vulto dela se aproximando, a mão acariciando seus cabelos desgrenhados enquanto avisava que ia fazer umas “comprinhas”.

Deixou-se envolver novamente pelo sono e só voltou a despertar várias horas depois, quando a voz da companheira novamente o resgatou da sonolência:

– Olha o que eu comprei!

Sem óculos e despertando, demorou um tantinho a identificar o vestido curto e vermelho forte. Identificando, forçou a vista e percebeu que se tratava de uma paródia feminina da roupa de Papai Noel.

– O que é isso, mulher? – disse com um tom divertido na voz.

– Minha roupa de “mamãe Noel”. Não é linda?

– Não acha muito curta pra uma coroa da sua idade?

– Meu filho, a idade está na cabeça das pessoas. Sinto-me muito jovem.  Por que não posso usar um vestido um palmo acima do joelho?

Leia o resto deste post »


Aliciador usa boleto da Caixa para cobrar por emprego

24/12/2010

Blog do Sakamoto

Quando tenho certeza de que já vi de tudo nessa vida…

É comum “gatos”, contratadores de mão-de-obra a serviços de terceiros, cobrarem adiantamentos de trabalhadores rurais, endividando-os e aprisionando-os a uma situação de exploração que, muitas vezes, só é quebrada com operações que envolvem força policial. Cansei de folhear os seus famigerados “caderninhos”, em que dívidas de transporte, alimentação e hospedagem ou mesmo taxas pelos acesso ao emprego vão sendo anotadas, e usadas como justificativa para ancorar a pessoa ao serviço.

Agora, eis que das obras da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, em Rondônia, surge uma novidade: os “gatos”, provavelmente como resposta a ações de repressão, estão procurando formas mais sofisticadas de burlar a lei, usando empresas formais e até boleto bancário. É isso mesmo que você leu, o caderninho virou boleto! Uma extensa reportagem de Bianca Pyl, aqui da Repórter Brasil, tratou do assunto, do qual pincei alguns pontos.

Leia o resto deste post »


Bispo de Limoeiro do Norte(CE) recusa homenagem do Senado

23/12/2010

Jornal Diário do Nordeste

Clique para AmpliarDom Edmilson disse que a comenda hoje não representa a pessoa do cearense que foi Dom Helder Câmara
FOTO: AG. SENADO 

Em protesto contra o reajuste de 61,8% concedido a deputados e senadores, o bispo não quis receber comenda

Brasília – Uma solenidade de entrega de comenda no Senado terminou em constrangimento para os parlamentares que estavam em plenário. Em protesto contra o reajuste de 61,8% concedido a deputados e senadores na semana passada, o bispo de Limoeiro do Norte (CE), dom Manuel Edmilson Cruz, recusou-se a receber a Comenda dos Direitos Humanos Dom Hélder Câmara.

Em discurso, ele destacou a realidade da população mais carente, obrigada a enfrentar as filas dos hospitais da rede pública. “Não são raros os casos de pacientes que morreram de tanto esperar o tratamento de doença grave, por exemplo, de câncer, marcado para um e até para dois anos após a consulta”.

Leia o resto deste post »


WikiLeaks apresenta: Jobim, o quinta coluna

01/12/2010

Blog do Rovai

A Folha de S. Paulo de hoje traz uma reportagem do Fernando Rodrigues a partir dos arquivos do WikiLeaks que dá bem a dimensão quão confiável é o nosso ministro da Defesa.

Enquanto o Itamaraty não falava grosso com a Bolívia e fino com os EUA, Nelson Jobim fazia o papel de porta-recados para o embaixador do Tio Sam.  E criticava nossa política externa.

Entre uma conversinha e outra com o gringo de plantão, provavelmente ainda dava uma telefonada para o Serra para se gabar de sua coragem extrema.

Veja dois trechos da matéria da Folha:

“Telegramas confidenciais de diplomatas dos EUA indicam que o governo daquele país considera o Ministério das Relações Exteriores do Brasil como um adversário que adota uma ‘inclinação antinorte-americana’.
Esses mesmos documentos mostram que os EUA enxergam o ministro da Defesa, Nelson Jobim, como um aliado em contraposição ao quase inimigo Itamaraty.”

Leia o resto deste post »