Cobrem de Serra que use o metrô que tanto elogiou

02/11/2011
Do Blog da Cidadania de Eduardo Guimarães

Apesar de que vários colunistas da grande imprensa tiveram um surto de honestidade como o de Kennedy Alencar – que condenou, na CBN, quem mandou Lula usar o SUS, que o defendeu da acusação de ter promovido maior corrupção e que garantiu que nunca foi rico –, ainda há muitos “jornalistas” da mesma grande imprensa incentivando a cobrança ao ex-presidente enfermo para que se trate no SUS.

O último desses “colunistas” da “grande imprensa” a estimular o preconceito contra Lula foi Elio Gaspari – sobre quem foi o primeiro, dou um chute de que só pode ter sido Reinaldo Azevedo. Tantos os jornalistas que dizem isso quanto todos os outros que vão na mesma linha de pensamento afirmam que Lula teria, sim, que se tratar no SUS só porque, um dia, elogiou um hospital público que inaugurou.

Continue lendo »


Pitbull da Veja ataca José de Abreu

14/10/2011

Blog do Miro por Altamiro Borges 


As badaladas “marchas contra a corrupção”, ocorridas no feriado de ontem (12) em algumas capitais, tem gerado intensa polêmica na velha mídia e nas redes sociais. O clima esquentou e alguns fascistóides, inclusive, partiram para a baixaria – o que poderia até resultar, e seria bom, em processos judiciais.Os jornalões, que costumam esconder qualquer protesto popular, deram destaque para o assunto nas suas edições de hoje. “Calunistas” avessos às passeatas ou greves – tratadas sempre como “badernas que tumultuam o trânsito” – não esconderam sua simpatia militante pelas marchas de ontem. Já nas redes sociais, muitos ativistas digitais denunciaram os “protestos” como manobra da direita golpista.

O real significado das “marchas”

As motivações e a real força destas marchas ainda demandarão muita reflexão. Hoje mesmo, num excelente seminário sobre comunicação promovido pela CUT do Rio de Janeiro, vários presentes abordaram o tema com preocupação. O deputado petista Robson Leite, um ativo participante da luta pela democratização dos meios de comunicação, foi duro nas críticas.

Continue lendo »


Mídia reage ao Congresso do PT com ameaças golpistas

05/09/2011


Do Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães

Em primeiro lugar, quero deixar bem claro que levo muito a sério o que direi neste texto algo longo que até tentei adiar, mas que não pude postergar diante da questão crucial e grave de que trata. Se você, leitor habitual desta página, já conseguiu ver qualquer valor nas análises que aqui são publicadas, sugiro que respire fundo e me conceda a atenção mais integral que já dispensou a algo que escrevi.

Não farei suspense sobre o assunto. Uma primeira reação declarada da mídia antipetista (acima de tudo) que sucedeu a divulgação do documento final do 4º Congresso Nacional do PT na noite de domingo me obriga a dizer que tal manifestação contém ameaça explícita e intolerável de tentativa de golpe contra o governo Dilma caso envie ao Congresso Nacional um projeto de marco regulatório amplo para a Comunicação no Brasil.

Mas não é só. Pelo tom da ameaça, as retaliações subentendidas poderão ocorrer até mesmo se, conforme o documento final do Congresso do PT, o partido realmente propuser às Casas Legislativas da nação um projeto de lei sobre tema que os barões da mídia não aceitam sequer discutir, ou seja, que tenham que respeitar regras e, mais do que isso, desfazerem-se de parte de seus impérios no âmbito de um veto legal à propriedade cruzada de meios de comunicação.

Continue lendo »


O nome da doença que assola o Brasil é Reinaldo Azevedo

18/08/2011

NESTA MANHÃ, O ARTICULISTA QUE INCITA ÓDIO NA POLÍTICA BRASILEIRA SE SUPEROU. DISSE, COM TODAS AS LETRAS, QUE O ELEITOR DE LULA É SEM-VERGONHA. SE A CULPA É DO BRASILEIRO, ISSO SIGNIFICA QUE ELE JÁ ADMITIU SUA PRÓPRIA DERROTA

É triste ver uma pá de inteligência ser desperdiçada inutilmente. O articulista Reinaldo Azevedo, da revista Veja, tem cérebro, domina o vernáculo como poucos no Brasil e empresta boas quantidades de lógica ao que escreve. Mas, lamentavelmente, conseguiu se converter no porta-voz do que há de mais atrasado na política brasileira atual: a hipocrisia da moralidade. Reinaldo é o “cheerleader” do serrismo, a força derrotada nas últimas eleições presidenciais, de onde brota boa parte dos escândalos atuais.

Num longo artigo publicado na manhã de hoje, ele escreve que “o nome da doença que assola o Brasil é Luiz Inácio Lula da Silva”. É talvez seu texto mais ousado – e que representa quase uma confissão de derrota política. “Enquanto Lula for uma figura relevante da política brasileira, estaremos condenados ao atraso”, escreve Reinaldo. Então esqueça, meu caro: enquanto Lula estiver vivo, terá papel central na política nacional. E possivelmente preservará sua influência mesmo depois de morto, tal qual Getúlio, que os inimigos – porta-vozes do discurso do “mar de lama” – levaram ao suicídio.

Reinaldo joga de vez a toalha quando transfere a culpa pelo que enxerga como atraso ao cidadão brasileiro. “Há diversas razões que explicam o fenômeno, muitas delas já conhecidas. O apoio do Congresso foi vital – além da sem-vergonhice docemente compartilhada por quem votou nele. Não dá para livrar os eleitores de suas responsabilidades.” Atenção, eleitor de Lula e leitor de Veja: o mestre-sala da publicação lhe considera um meliante, um malandro, um picareta, um desonesto. Um sem-vergonha.

Continue lendo »


Aécio e Alckmin jogam Guerra sobre Serra

03/05/2011
 
Do Blog Tijolaço, de Brizola Neto
 

A Folha de hoje publica matéria dizendo que Aécio Neves e Geraldo Alckmin se uniram para fazer de Sérgio Guerra –  aquele que Lula definiu numa palavra que, segundo os dicionários, é  pessoa “abobada, pouco inteligente ou age de modo subserviente” – presidente do PSDB, em lugar de dar o lugar a José Serra, que o desejava. Diz a matéria que estão tentando arranjar outro lugar para o ex-candidato na direção.

Já o ex-deputado José Dirceu diz que Serra pode ser o candidato a prefeito de São Paulo pelo PSD de Gilberto Kassab.

E Reynaldo Azevedo, o exegeta do tucanato, diz, em seu blog na Veja:

“A Folha informa na edição de hoje(…) que Aécio e Alckmin fizeram uma aliança para eleger o comando do PSDB. Não sei bem qual era a expectativa de certos setores do tucanato. No melhor dos mundos (para quem?), parece, Serra atacaria Kassab e o PSD em defesa do PSDB de São Paulo, liderado por Alckmin, que, então, estaria unido a Aécio, que ontem jantou com a cúpula do PSD que pretendiam que Serra tivesse atacado. Entenderam?”

Entendemos: em casa onde falta o pão, todo mundo briga e ninguém tem razão.