Nordeste na rota do tráfico

12/10/2011

Redação da Carta Capital 

Antes da apreensão recorde de cocaína na região na última semana, estudo da ONU e mídia internacional alertavam para a escalada do problema. Foto: Governo dos EUA

Após a apreensão de 530 quilos de cocaína na sexta-feira 7 e sábado 8 no Porto de Suape, em Pernambuco, a Polícia Federal acionou a Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) para colaborar com as investigações. A remessa, encontrada dentro de 3,5 mil sacos de gesso em cinco contêineres, é a maior interceptada na história do Nordeste do Brasil e a contagem ainda pode aumentar, pois outros 3,4 mil pacotes de gesso serão analisados.

Continue lendo »