Prisão de Juquinha causa alvoroço na CPMI do Cachoeira

 

Do Correio do Brasil

Juquinha

José Francisco das Neves, o Juquinha, preso por suspeita de fraude e corrupção

 O cumprimento de mandados de prisão por parte da Polícia Federal, nesta quinta-feira, deixou autoridades e parlamentares em alerta. José Francisco das Neves, o Juquinha, como é conhecido o ex-presidente da Valec Engenharia, sua mulher e dois filhos foram detidos por suspeita de fraude, corrupção e formação de quadrilha. A Valec, empresa ligada ao Ministério dos Transportes, é responsável por projetos gigantescos, como a Ferrovia Norte-Sul, do Maranhão a Goiás, e o trem-bala.

Juquinha foi nomeado pelo presidente Lula e demitido na gestão Dilma, na época da demissão do ex-ministro Alfredo Nascimento. Na operação, além das prisões, foram lacradas três mansões no condomínio Alphaville, em Goiânia, avaliadas em R$ 10 milhões. O patrimônio de Juquinha, no entanto, engloba uma fortuna na qual estão incluídas as maiores fazendas do Estado de Goiás, contas bancárias e veículos.

A prisão causou, de imediato, um alvoroço na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do caso Cachoeira, que aguarda agora o depoimento de Luiz Antônio Pagot, ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes. Demitido na mesma leva que derrubou Alfredo Nascimento e Juquinha, Pagot disse que o PR arrecadou recursos para a campanha presidencial de 2010.

Segundo a investigação, a Valec esteve envolvida em diversos episódios de superfaturamento, na construção de trechos ferroviários. No ano passado, o deputado Júlio Delgado (PSB/MG) questionou o Ministério dos Transportes sobre a construção de trechos com custo de R$ 16 milhões por quilômetro em Juiz de Fora, Minas Gerais. Há poucos meses, Juquinha adquiriu fazendas avaliadas em mais de R$ 30 milhões, sempre pagando em dinheiro vivo, que foram colocadas em nome da esposa Marivone e dos filhos. Segundo o procurador Hélio Telho, do Ministério Público Federal de Goiás, “pela primeira vez o patrimônio de um político que enriqueceu no exercício do cargo é objeto de investigação criminal”. Além de Alfredo Nascimento, Juquinha tinha como um de seus principais padrinhos políticos o sempre presente Valdemar Costa Neto (PR-SP), aliado de José Serra na campanha à prefeitura paulistana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: