São tantas emoções, bicho!

Por Eason Nascimento

No atual momento político criminal por que passa o país, Carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres, Marcondes Perillo, Agnelo Queiroz e Revista Veja, são ou deveriam ser o foco das discussões. Mas não é bem isso que encontramos nas principais paginas dos jornalões muito menos nos noticiários em horário nobre, da maior rede de TV do pais, exceção feita ao petista Agnelo Queiroz, diga-se a bem da verdade.

A empresa Delta, com contratos de grande monta em obras do PAC se torna ponte a ligar os nefastos interesses midiáticos comandados principalmente pelo conglomerado onde Globo, Veja e os paulistanos Folha e Estadão, seguem a risca a chamada operação abafa.

Os novos presidentes, do TSE a ministra Cármen Lucia e do STF o ministro Ayres Britto, entrevistados a pretexto da importância dos cargos empossados, foram fortemente indagados pra não dizer firmemente pressionados, a se agregarem ao julgamento linchatório, já realizado por ela mídia, no chamado mensalão petista, onde a condenação sumária já foi e continua sendo largamente difundida.

Nada melhor para a estratégia Kameliana, em se tratando de Rede Globo, para proteger seus aliados, flagrados atolados no lamaçal criminoso do bicheiro goiano. Enquanto o sucesso do livro A privataria Tucana de Amaury Ribeiro Jr, que trata do maior assalto ao patrimônio público da nação, envolvendo diretamente José Serra e auxiliares na era FHC, passou “desapercebido” do noticiário, o mensalão petista é arma poderosa e única a servir como forma de atingir José Dirceu e o alvo maior, o ex-presidente Lula.

Que a CPMI, em fase de instalação, possa esclarecer as reais ligações de Cachoeira e seu bando, com políticos, independentes da cor da camisa partidária e seus representantes midiáticos, a começar pelo mandatário maior da Revista Veja, o Senhor Roberto Civita, com convocação já protocolada, para explicar as centenas de gravações entre Policarpo Jr e o bicheiro, embora existam indícios a serem investigados, onde jornalistas globais e até mesmo magistrado da alta corte possam fazer parte como protagonistas dessa novela.

Pelo menos uma coisa é liquida e certa, a mídia pode sair dessa situação com mais arranhões na credibilidade que ja era baixa, aumentando o repudio de parte significativa da população brasileira. Enquanto os cães ladram, a caravana de Dilma Roussef passa tranquila, alicerçada pelos índices de aprovação da presidenta e de seu governo, segundo pesquisas recente. O Rei Roberto Carlos durante todo seu reinado sempre se manteve distante do processo político no Brasil, mas sua badalada frase nos parece se tornar real a curto prazo, no horizonte político midiático brasileiro : são tantas emoções, bicho!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: