Mas Chávez não estava acabado, quase morto?

Do Blog Tijolaço, de Brizola Neto

Há vinte dias, a revista Veja publicava uma matéria sobre o suposto caos em que se encontrava a Venezuela. Um país paralisado, sob “o delírio da ‘revolução bolivariana’ do ‘comandante Hugo Chávez’ “, segundo o colunista Ricardo Setti.

Há uma semana, a imprensa mundial “internava em estado grave” o presidente, que teve de brincar de beisebol em público para desmentir sua própria agonia.

Pois não é que agora, uma pesquisa de opinião – na verdade a segunda pesquisa, mas a primeira foi desqualificada sob o argumento de ser governista – diz que a popularidade de Hugo Chávez subiu 10 pontos e agora o presidente tem o apoio de 58.9% da população. Ou seja, seis de cada dez venezuelanos.

A pesquisa é do Instituto Datanalisis, de perfil oposicionista, e diz que o governo tem uma avaliação positiva de 72% da população e o presidente tem a intenção de voto de 40% dos entrevistados.
O curioso é que o diretor do Datanalisis,  Luis Vicente León, que não forneceu os dados completos da pesquisa, divulgou em seu twitter (veja aí ao lado) que seis em cada dez venezuelanos prefeririam não reeleger Chávez.

Ou seja, não há na Venezuela nenhum indeciso, neutro, nem disposto a anular o voto ou deixá-lo em branco.

Nossos estatísticos andam fazendo escola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: