Os gringos sabem das nossas mazelas

Direto da Redação – Eliakim Araújo

Difícil escrever sobre outro assunto que não os últimos acontecimentos no Rio, sobretudo devido à sua repercussão internacional. Os principais jornais e sites de TVs do mundo reproduzem neste domingo as informações de seus correspondentes na cidade, praticamente as mesmas que a mídia brasileira divulga.  A diferença é que no noticiário internacional eles sempre dão um jetinho de lembrar que o país vai sediar uma Copa do Mundo e uma Olimpíada, exatamente no Rio de Janeiro.

No espaço aberto para os comentários dos leitores há alguns interessantes que merecem destaque, como este aqui, que morde e sopra

Não sei como permitiram fazer a Olimpíada numa das mais perigosas cidades do mundo. Bem, mas ainda assim mais segura que Chicago”.

Este outro começa com uma observação mais que perfeita e encerra com uma provável gozação:

Agora que eles conseguiram a Olimpíada é que vão tomar alguma providência em relação às gangs de drogas?  Eles nunca terão dinheiro para construir estádios ou vilas olímpicas para os jogos porque estão gastando tudo em conflitos armados dentro de suas próprias cidades. Isso é piada”.

O próximo vai num ponto crucial da questão:

“Por que culpar as drogas e os traficantes? Como se a raça não fizesse parte da equação. Eles sempre perseguiram negros e mulatos traficantes, muitos tomam as ruas  para roubar as pessoas…muitas pessoas usam e vendem drogas em áreas de brancos, em países europes, e você não vê essa guerra total às drogas”.

Observe que esses comentários supostamente são de americanos, pois foram postados em matérias da CNN.

A manchete e a foto que ilustram a reportagem da correspondente do NY Times no Rio poderiam perfeitamente serem usadas em relação ao Iraque:

Forças brasileiras proclamam vitória no santuário das gangs”.

No corpo da reportagem da correspondente Roberta Napolis algumas verdades nem sempre lembradas nos comentários da mídia brasileira, mais preocupada com o show do que em aprofundar o debate sobre as causas da criminalidade:

Por décadas, a falta da presença policial no dia a dia das favelas do Rio permitiu que gangs assumissem o controle dos territórios com armas pesadas e o tráfico de drogas. A última incursão policial no Alemão matou 19 pessoas e ocorreu duas semanas antes dos Jogos Panamericanos de 2007”.

Aparentemente até os gringos já sabem das nossas mazelas. Sabem que o alvo do combate às drogas são os chamados traficantes de pé sujo, enquanto os grandes que estão por trás dos negócios continuarão impunes.

Sabem também que o poder público nunca se interessou em criar programas de inclusão social que permitissem a ascensão dos menos favorecidos, salvo os Cieps, a iniciativa de Brizola e Darci – que viam na educação um caminho para afastar as novas gerações da criminalidade –  como lembra o Rodolpho Motta Lima em seu artigo desta semana, um projeto que acabou torpedeado pelos seus sucessores.

Os gringos sabem, finalmente, que o Rio continua um lugar inseguro, mas que temporiamente, aos olhos do mundo, está sendo “pacificado” para permitir que os atletas de todos os cantos do planeta sejam recebidos com flores em vez de balas,  perdidas ou não.

3 Responses to Os gringos sabem das nossas mazelas

  1. Na verdade acho que são dois assuntos separados. A impunidade no Brasil deixou portas abertas para que a criminalidade das favelas não ficasse apenas na venda das drogas. Isso de fato tem q ser combatido, e deveria ter sido desde o começo. Não deveriamos ter tolerado o primeiro assalto a ônibus. Mas aqui a cultura foi sempre de colocar o bandido como o coitado maior. Não dá. É o caso daquele rapaz que sequestrou a namorada em São Paulo e no final ela acabou morta e ele preso. Isso porque ninguem tomou decisão mais severa.
    O outro assunto também é inevitável agora que se retomou o território. Mas não pode ser misturado. Educação é a solução de tudo, e por isso temos que procurar votar em políticos que pensem nela. São os que não tem o rabo preso com ninguem, pois se tivessem não falariam em educação.

  2. andre disse:

    Que o Brasil têm problemas com a violência e criminalidade é um fato, mas alguns países (um em especial com grande mercado consumidor de drogas e grande vendedor de armas) precisariam ser mais atuantes. Por último me resta algumas perguntas, os bandidos teram que repor as armas e drogas apreendidas, os governos estaduais (todos) e o Federal estão preparados para evitar que isso aconteça? Haverá aumento de criminalidade nas pequenas cidades do interior?

  3. CosmeBR disse:

    Sejamos francos. Brizola foi um dos maiores responsáveis por essa violência ao fazer acordo com os tráficantes, quando era governador, para se manterem nas favelas e morros, sem a intervenção da polícia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: